domingo, junho 15, 2008

ou há moralidade ... :-)


Lita Grey, actriz vulgar mas muito bela, foi casada com Charlie Chaplin. Instruída por sua mãe, mulher ávida e cruel, apresentou queixa contra ele com o pretexto de que este quereria praticar no leito conjugal actos eróticos que saíam do habitual – ou seja fellatio, cunnilingus e sodomia – que, em certos estados dos EUA, são punidos com pesadas penas de prisão. Entre pessoas casadas até, repare-se, nomeadamente por qualquer uma das diversas igrejas existentes e sem que haja violência ou constrangimento moral pelo meio!

2 comentários:

Xara disse...

Ou seja a tradição judaico-cristã,né?

Fresquinha disse...

Claro, Xara, que mais ? e Hipocrisia pura !!! O pecado ...