quarta-feira, agosto 27, 2008

sexo no espaço: apenas 4 posições possíveis


Sabe-se que há trabalhos que exigem uma grande quota de sacrifício. Outros, no entanto, proporcionam uma grande satisfação para aqueles que o fazem. Ser astronauta acaba de ser incluído neste último grupo, com a publicação de um livro que revela a forma como os astronautas americanos e os seus colegas russos praticaram sexo no espaço para determinar quais as posições sexuais mais adequadas a um ambiente de gravidade zero.

O livro em questão, que não será só para as crianças que sonham em tornar-se astronautas, é de Pierre Kohler, um respeitado cientista e escritor francês. Tem o título "A Missão Final: Mir, A aventura humana" e nele, Kohler desvenda um relatório confidencial de uma missão da NASA com o Space Shuttle, em 1996. Para além das experiências que costumamos ver no Discovery Channel, a missão STS incluía o projecto chave - XX. Esta experiência foi destinada a explorar diferentes posições sexuais possíveis num ambiente de imponderabilidade.

Ao longo de todo o desenvolvimento da experiência foram testadas vinte posições sexuais. Deste grupo foram escolhidas as melhores dez. A fim de analisar cuidadosamente os resultados, especialmente a festa (perdão, a experiência) foi gravado um vídeo pelos seus companheiros. A fita foi considerada tão "reveladora", que até mesmo os dirigentes do NASA viram apenas uma versão censurada da mesma. Isto poderia explicar os rostos de alegria que muitas vezes têm astronautas nas imagens que tiram para regressar às suas "missões perigosas".

O resultado da experiência foi que, apenas 4 são posições sexuais confortáveis, que podem ser postas em prática "sem assistência mecânica". As outras seis seleccionadas necessitaram de um cinto elástico especial, e um túnel insuflável semelhante a um saco dormir, a fim de que os membros do casal pudessem ficar juntos. A título de curiosidade, registou-se que a clássica posição de missionário, um dos mais praticada pelos terráqueos pedestres, não é possível, em gravidade zero.

2 comentários:

dp disse...

3 notas:
(i) o "projecto chave - XX", deveria ser rated XXX.
(ii) desistiram muito depressa da ideia da "assistência mecânica"...tinha pernas para andar.
(iii) felizmente que a obtusa posição do missionário no espaço não funciona.
beijo.

Fresquinha disse...

(i) Porquê ?
(ii)Resolveram ser mais criativos.
(iii) Tão obtusa quanto as outras.Tudo o que é estudado acaba por ser obtuso...
beijo