quinta-feira, agosto 07, 2008

as minhas impressões baianas



Salvador: Um misto de Luanda com o Porto ! A parte antiga lembra-me o Porto (embora mais suja e menos cuidada), o enquadramento e a topografia da cidade remetem-me a Luanda.

A quem já conhece : Concordam ?

A Igreja de S. Francisco de Assis foi o ponto alto da visita. Depois, explico porquê. É meio complicado.

Acarajé : Ía direitinha à boa baiana, comprar um acarajé, e o aspecto não convence.

Pelourinho: O máximo. Desenvolvimentos mais tarde. Ainda lá volto.

Passar uma noite em Itapoã ....

Beijos

Do Brasil, sem imagens para postar.

Hoje comi pitangas !



Tapioca com Queijo e Goiabada - Time for Hope. Time Standing Still. Time Tales.

............................Casquinha de Siri

.....................................................Vatapa

............................Agua de Coco

........................................................Cachoeira

.............................................................................Moqueca de Camarão

................................................Mangaba

..........................Capoeira

..................................................................Arrumadinho


...........................Candomblé .... Tóróró


...Pagode ..................................................................... Feijão


................................ Imbassaí ........................... Pojuca


......................................................Porto Seguro ..................Farofa


....Pirão................................Indíos Pataxó






Radiohead - Lego time-lapse House of Cards from Ian Mackinnon on Vimeo.

22 comentários:

Anónimo disse...

Há muito tempo dei o nome de "Abaeté" ao meu melhor barco/veleiro depois de conhecer a Lagoa.
Strix.

Fresquinha disse...

Axé !

E o que quer dizer Abaeté ??

Anónimo disse...

Homem inteligente ou de grandes conhecimentos.
Strix.

Anónimo disse...

Tu qui falô que irias (ou voltarias) à Itapoâ.
Uma bicoca.
Strix.

u joão disse...

Fresquita pelos brasis!? Olha, só há pouco tive a oportunidade de ver o teu convite aqui para o Porto. Fo pena, na altura andava fora da blogagem. Não faltarão oportunidades, espero.
Música porreira dos radiohead.
Beijoca e boas férias.

Maestro disse...

obrigado pelo carinho! aqui aprende-se sempre tanto :) beijinho

Anónimo disse...

Acredito que falta um esclarecimento.
Voismicê falô em passar uma noite em Itapoã. Intôncê ma lembrei da Lagoa do Abaeté, lugar mais valorado turisticamente de Itapoã.
Strix.

O Sibarita disse...

Oi dona Fresquinha, dona moça, desculpe fiquei em falta com você no caso se deu o seguinte quando você colocou o aviso que viria par Salvador eu estava viajando a trabalho só depois é que li e ai pensei a essa altura ela já está em Salvador. Mas, lhe aguardo na próxima vez.

Olha Lagoa do Abaete fica em Itapoan, é um lugar muito bonito e cantada de há muito por Dorival Caymmi, Caetano Vêloso e outros cantores, não conheceu? Se esteve em Itapoan é muito provável que esteve lá.

A título de colaboração abaixo alguma dica para o seu texto.

Acarajé : Ía direitinha à boa baiana, comprar um acarajé, e o aspecto não convence. - Sua menina acarajé sempre foi assim, mas, gostou não? Qual aspecto?

Pelourinho: O máximo. Desenvolvimentos mais tarde. Ainda lá volto. - Sim o Pelorinho é bonito, não sei se lhe mostraram a primeira faculdade de Medicina do Brasil fundada por D João VI, fica ao lado da Catedral Brasílica que por certo lhe mostraram.

Passar uma noite em Itapoã .... -Uma noite, uma tarde em Itapoan é demais e não foi na Lagoa do Abaeté? Não comeu acarajé da Cira em Iatapoan? Aliás, não comeu abará?


Do Brasil, sem imagens para postar. -Oxente, não tirou nem uma fotozinho do Brasil varonil? Ai deus do céu! kkkk

Hoje comi pitangas! -Comeu pitangas aqui em Salvador? Pitanga, não se zangue, é fruta fia chupa-se.

Um bolinho de peixe, aqui. -É o peixe depois de desfiado faz-se o bolinho, é frito no azeite de dênde, azeite doce (azeite de oliva) ou oléo de soja. Delicia!

Tapioca com Queijo e Goiabada - Tapioca é a farinha que faz o beiju, então, você comeu beiju de tapioca com queijo e goiaba, tem outros sabores também. Gostoso demais!

Casquinha de Siri - Você comeu o siri catado na casquinha dele. Gostoso também.

Vatapa - Uma das comidas mais gostosa da culinária baiana é servido com caruru ou moqueca de peixe.

Agua de Coco - Temos demais, somos o maior litoral brasileiro, portanto, onde você estiver no Estado da Bahia verá um pé de coqueiro e o mar próximo.

Cachoeira - Cachoeira seria a Cidade? Se for é um lugar muito bonito, onde, por sinal tem uma equipe de cineastas e atores portugueses filmando uma novela portuguesa com certeza.

Como sou soteropolitano (Quem nasce em Salvador/Bahia é assim chamado)agradeço a você pelo texto.

bjs
O Sibarita

Fresquinha disse...

Ôi Sibarita,

Pois eu continuo na sua terra e tenho a agenda ocupada demais. Já vinha com um roteiro planeado e como há tanta coisa para fazer, o que custa é decidir. Hoje, que tem chovido todo o dia, era para ir à Missa dos Negros, uma missa especial que você deve conhecer. Catolicismo e camdomblé juntos na igreja que era frequentada pelos escravos de antão.

Claro que conheço Dorival Caymi, Caetano Veloso e outros ...quem não conhece ? A visita que fiz a Salvador foi uma viagem City Tour que, sinceramente, foi um erro. Uma hora e meia no Mercado Modelo onde o artesanato se repete foi uma perda de tempo. Há tanta coisa bem mais interessante para fazer. Tinha a referência do Solar do Unhão, para ver, e tal como em Itapoã, passámos sem parar e desperdiçou-se muito tempo nas compras de artesanto (que eu não aprecio). Mas enfim ... viajo com um sobrinho de 16 anos que prefere fazer rappel, parasailing, quadricículo, equitação e todas as outras actividades do Hotel. Um problema é que o hotel está recheado de agitação e sair daqui para um adolescente de 16 anos é crime. Voltarei concerteza, para curtir Salvador à minha maneira. Tentei ver o Terreiro da Mãe Stella, pedi autorização e a resposta que me deu foi que tudo aquilo que eu desejar, é só confiar em Deus, que ele dará. É preciso ser mãe de santo para chegar a essa conclusão ?????????!!!!
Fui pondo pedaços da Bahía nos links (que não clicou) para dar um panorama do que tenho vivido. Cachoeira é cidade sim, mas é água da nascente. Era à última que eu me referia.
Vatapá já comi com moqueca de peixe. Faço em casa, em Portugal, e gosto mais do meu vatapá. Água de côco bebo todo o dia, e uso no cabelo (é um óptimo hidratante capilar, tb) Comi casquinha de Siri no Pelourinho, depois de uma visita muito interessante à igreja de S. Francisco de Assis. Aquela das imagens da pomba, de Nossa Senhora e das colunas que se movem à medida que andamos na pintura de ???? é muito curioso. A ostentação inusitada da capela já é, no entanto, incompreensível mas habitual nas igrejas católicas, continua a chocar-me. Tanta riqueza e tanta pobreza cotucando numa coexistência amena na mesma cidade.
Bolinho de peixe, tapioca e pitanga já conhecia. Pitanga fez parte da minha infância. Nasci e vivi em África e pitanga é dita comida (em português, chupar faz parte de comer) e cospem-se os caroços. Questão de semântica.
Vi por fora a Faculdade de Medicina também mas tudo pelo exterior. O que foi pena.
PS O acarajé é uma fritura tipo os nossos filhoses de natal, salgada. Cortam ao meio, e botam lá uma porção de coisas : uma pasta de lentilhas, camarões ecos com casca,etc. Não tem um aspecto atraente. E eu como com os olhos, também. Não me convenceu. Gostos ...
Amanhã. Rio Pojuca e parasailing de manhã. Tenho que ir. Aula de Capoeira.
Beijo, Sibarita.

Fresquinha disse...

Sibarita,

Há tanto nome de índio por aqui, que a palavra Abaeté me passou despercebida. De repente, tem muita informação compactada, e alguns pormenores me escaparam. A si e a todo o Brasil, as minhas desculpas.

Fresquinha disse...

Axé Sibarita 3,

Tenho fotografias pessoais e essas, fazem parte da minha intimidade e não gosto de publicar fotografias minhas no blog. Já o fiz e já chega. Fotografias que não sejam pessoais, encontro em postais e não perco muito tempo a tirar fotografia paisagistica. Quando voltar, coloco. Prometido.

Já esperava que você estivésse em trabalho. Já sabemos que o brasileiro promete, oferece, mas quando chega à hora .... já não está quem falou !!! :-))))

Beijo

Fresquinha disse...

u joão,

Pois ...também és brasileiro ???

Olha na verdade, fui a Tribunal em Gaia e não ía com muita disposição para me divertir. Mas como muita gente, ofereceste-te de cicerone e quando chegou a altura ... não estavas. Não faz mal. Conheço razoavelmente o Porto. Mas fomos (eu e uma amiga) jantar à Ribeira de Gaia e seria uma boa oportunidade para te conhecer. Espero lá não voltar tão cedo pelas mesmas razões. Embora tenha ganho a acção judicial que lá me levou.
Beijo
Ainda no Brasil ... gostoso ! Estou a adorar, apesar do tempo ser muito incerto e já ter apanhado 3 dias de chuva.

Fresquinha disse...

Strix,

O meu guia não valorou Abaeté. Ou eu não estava atenta. Fui ver o pôr-do-sol e de facto havia uma lagoa a que eu não prestei atenção.

Fresquinha disse...

Maestro,

Podes não acreditar mas nas minhas pesqisas para seleccionar o que publico, eu aprendo muito mais. Nem tudo o que vejo eu publico por não estar em sintonia com o que o blog oferece. E nessa procura, eu vou aprendendo imenso. Quem diz que não aprende nada com a net, é porque não sabe aproveitá-la. É o maior instrumento de conhecimento que eu conheço. Há que saber tirar partido.
Fico contente por gostarem do que selecciono. Aí reside o sucesso deste blog.
Um beijo grande

robina disse...

Porra, nem de férias nos deixas em paz? :-)))))

Fresquinha disse...

Ressucistaste ? Já estamos na Páscoa ?

:-))))))

Pythea disse...

Vivi 5 anos no Porto e estive 2 semanas em Salvador hà 4 anos...concordo! Enquanto estive em Salvador, não só me senti em casa como me senti come se estivesse no Porto!

As duas cidades fazem-me uma falta tremenda!

Anónimo disse...

Foi só eu agitar as escuras e misteriosas águas do Abaeté e lá se foi o Caymmi àos profundos redemoinhos dos que vão sem numca mais voltarem.
Strix.

Anónimo disse...

Foi só eu agitar as escuras e misteriosas águas do Abaeté e lá se foi o Caymmi àos profundos redemoinhos dos que vão sem numca mais voltarem.
Strix.

Fresquinha disse...

Pythea,

Fui espreitar e vejo que não sou a única que anda errante pelo mundo, (mas não errada).
Senão fosse pela falta de segurança em Salvador, e de tinta nos edifícios históricos, poderia encarar a possibilidade de lá viver. Mas há tantos lugares para onde iria viver já amanhã !!!
Por curisiodade : Qual dos Países onde viveste elejes como favorito ? Ou melhor, onde foste mais feliz ?

Obrigada por comentares. São tão poucos os comentadores. (Mas são bons)

Fresquinha disse...

Strix,

Minha jangada vai partir p'ro mar,
vou trabalhar,
meu bem querer !

O Caymmi nunca morre. Passei a minha infância a ouvir Caymmi. Está-me na pele.

Fresquinha disse...

Se Deus quiser quando eu voltar do mar
Um peixe bom eu vou trazer
Meus companheiros também vão voltar
E a Deus do céu vamos agradecer