domingo, dezembro 30, 2007

previsões para 2008


«2008 será um ano de muitos eventos de grande magnitude. De muitas formas, da nossa perspectiva, o ano de 2008 é o momento crucial no mundo. O que eu quero dizer ao dizer momento crucial? Quero dizer que há muitas polarizações diferentes que tem estado impregnadas e que essas, certamente são bastante prejudiciais. Essas impregnações de eventos estão se tornando tão dramáticas em 2008 que todos serão afetados. Algumas pessoas podem se sentir isoladas, podem sentir que há um lugar onde podem permanecer e não experimentar essas polarizações. Em 2008, cada um será afectado e isto será em vários níveis diferentes. Tentarei usar as nossas habilidades de predição para fazer uma listagem.
.
Permitam-nos olhar para o panorama Americano. Haverá um terremoto político na América aproximadamente em Junho ou Julho do 2008. O terremoto político será um grande transtorno na política. As pessoas geralmente consideram que tudo pode ser adiado até as eleições em Novembro de 2008, e a atitude geral é que um partido político poderia dizer:” bom estamos cumprindo nosso tempo até as eleições de tal forma que possamos ser eleitos”. Outro partido poderia dizer: “Continuaremos com esta política por quanto for necessário para a proteção da América”. Em Junho de 2008 haverá um terremoto político onde as coisas não poderão continuar como sempre. Quando me perguntam sobre a natureza do terremoto político, tenho que ser sensato e só explicar que é uma simples predição. Eles não serão capazes de continuar a guerra como antes. Não serão capazes de continuar a economia como antes. Haverá um grande clamor e uma demanda que ultrapassará as habilidades dos políticos na América de continuar como eles têm sido. Haverá uma força que os fará tentar de mudar direções. Esta mudança de direções virá também de um desastre ecológico bem como de uma situação política.
.
Em termos de outros eventos. As polarizações nos padrões de clima, incluindo a América, serão mais intensas. Haverá um aumento de vento ao redor do mundo. Isto é algo que muitas pessoas já experimentaram antes, mas elas realmente não consideraram ventos fortes quando falam sobre o colapso da biosfera. Esses eventos com o vento serão particularmente fortes. O que acontecerá é que nas planícies da América e no Norte e no Sul em particular, haverá a volta de eventos que foram conhecidos como “Tormentas de Poeira”. Esta energia da tormenta de poeira esta atualmente se originando na China, porque tem havido um aumento nas energias desérticas dessa área do planeta. O aumento das energias desérticas não tem sido discutido plenamente por que todos têm estado focalizados no descongelamento das calotas de gelo polar. O aumento das energias desérticas está criando correntes de vento e correntes de poeira. Quando se fala sobre a Tormenta de Poeira que aconteceu nos Estados Unidos em 1930, pensam que a poeira cegava. Este tipo de energia chegará até certos lugares do mundo, dos Litorais da Ásia até Ásia central e até a Rússia.
.
A Europa não experimentará muita poeira, mas Europa terá alguns problemas com o vento. Haverá algumas energias do vento importante em Londres e algumas das ilhas. Também haverá na parte central e sudoeste dos Estados Unidos. As energias do vento estarão também ao redor de Austrália.Também vejo a aceleração geral do efeito estufa. Isto ficará mais dramático em 2008. Vocês já ouviram as pessoas dizendo que não pensam que acontecerá assim tão rápido. As pessoas pensaram que os campos de gelo polar não iriam se derreter dentro de um período de 5 anos, senão que em 30 ou 40 anos. Na realidade, está acontecendo uma compressão de tempo. É difícil de explicar do ponto de vista técnico por que está acontecendo isto. Geralmente, 2008 é um ano no qual há uma compressão de tempo. Compressão significa que eventos que parecia que tomariam 30 a 40 anos, serão comprimidos num período mais curto. Vão ter inundações importantes ao longo dos litorais. Será o que geralmente é chamado desgelo.
.
As pessoas têm perguntado sobre os furacões.Vocês podem ver mais problemas com os furacões. As pessoas têm perguntado sobre as erupções vulcânicas e os terremotos. Francamente, as erupções vulcânicas e os terremotos não serão os maiores eventos no ano de 2008. Os maiores eventos serão pelo vento e chuvas dramáticas.Se olharem para a América do Sul, América Central e México, encontrarão também que eles estão tendo o que poderia ser considerado como clima polarizado como oposto do vento. Há alguma discussão que estar ao sul do Equador é melhor que estar ao Norte do Equador. O problema é que ali no sul o clima é tão frágil como no norte, apesar de que podem pensar que as mudanças moderadas, podem não ser tão duras de vivenciar. De facto, vão criar para eles alguns desequilíbrios maiores. Actualmente a América do Sul ganhará independência e grande força política.
.
A Argentina vai se voltar um grande jogador mundial, e vão ter um grande equilíbrio, porque A Argentina é um dos países que será capaz de absorver essas mudanças e os ventos sem experimentar uma polaridade dramática. A especulação à que este país pode exercer um grande papel mundial.
.
Muitas pessoas têm falado da influencia de Rússia nos eventos mundiais. Não há duvida que as energias e os políticos Russos voltaram a alguns de seus velhos caminhos. O poder Russo agora é uma força de contrapeso contra as intervenções no Iraque e no Irão. O que irá acontecer é que as forças de poder na Rússia, tão negativas como poderia ser nas mentes de algumas pessoas pararão as intenções dos USA de controlar o Irão. Isto é bom e mau porque o bom é que então não haverá outra grande guerra que o mundo não poderia tolerar. Não há duvida na nossa percepção e em nossas predições que uma intervenção no Irão pelos Estados Unidos poderia levar a Terceira Guerra Mundial. De alguma forma pode-se dizer que foi boa sorte a guerra no Iraque não ter levado a uma guerra mundial. Não haveria este tipo de sorte com o Irão. Qualquer um que quiser sugerir que uma intervenção militar é uma maneira de parar o terrorismo ou de parar a negatividade que existe no Irão, deverá estar preparado para aceitar que se invadirem o Irão, estará caminhando para a Terceira Guerra Mundial. Isto é algo que os guias e os mestres não querem ver acontecer, apesar das pessoas dizerem que o Irão é um país negativo e que é terrorista ou que qualquer conceito negativo é promulgado lá, isto é do ponto de vista Ocidental. Os efeitos de tal intervenção militar são ainda mais negativos contra o mundo.
.
Quero falar um pouco sobre a África, porque a África continua experimentando uma grande dor com respeito à saúde. A África de muitas formas está sofrendo o que chamamos devastações biomédicas do sistema imunológico. A África está sofrendo da incapacidade de manter um suporte apropriado para o sistema imunológico. Este problema continuará na Ásia. Em outras palavras, em 2008 se verá o fato que o sistema imunológico humano será uma das discussões chaves. O facto é que o sistema imunológico não é capaz de resistir a ataque violento. O sistema imunológico está sofrendo em vários níveis. Eu sei que há a idéia da AIDS e a idéia do ataque de bactérias e vírus. Precisam considerar também que o sistema imunológico do planeta esta sendo comprometido pelo problema de ozono e pela radiação.
.
Continuamente queremos enfatizar a importância de controlar os níveis de radiação em Chernobyl, porque achamos que ainda há buracos e fuga continua sobre esse sistema que não estão sendo reportados.Há outras fugas importantes de radiação no planeta. Essas fugas de radiação vão ser trazidas a atenção mundial. Pelos oceanos do norte de Rússia há fugas subterrâneas de radiação que estão contribuindo para alguns dos problemas com as baleias e os golfinhos. A radiação está causando energias aberrantes nos oceanos. As pessoas pensam, bom as fugas de radiação só têm afetado uma parte dos oceanos. Mas vocês sabem que os oceanos são interativos em todos os níveis. As pessoas terão que dizer: Vamos ter controle das fugas de radiação que também estão acontecendo em todas partes dos oceanos.
.
Haverá moderação no Meio Oriente, o que significa que o Novo líder mundial vai ter um grande papel nas conversas de paz. Todos percebem que uma terceira guerra mundial poderia ter um efeito devastador. Há uma energia moderadora no Meio Oriente que está trabalhando por trás das cenas para tentar ajudar a levar às pessoas a razão. As pessoas estão se dando conta que todos serão afetados negativamente por uma guerra mundial. Haverá outra vez estiagem na Grécia, no Líbano, e em Israel. Há o potencial de outra seca na Espanha e no sul da França. A Europa Central e a Rússia terão chuvas e algumas fortes tempestades. A Rússia terá um duro inverno este ano e partes do norte da Europa. As secas na Austrália vão estar mais polarizadas.
.
Na Austrália haverá períodos de chuvas, ventos, tormentas e períodos de estiagem e então a seca continuará. O que eu vejo para o resto de 2007 e 2008 é que haverá variação, o que significa mais polaridades. Os problemas do clima não serão tão devastadores em um sentido, mas em outro poderão dizer que ao menos há um alivio porque há chuvas intensas. Também vejo enquanto falo sobre as energias harmônicas que as polarizações podem ser harmonizadas e serão desenvolvidas algumas tecnologias interessantes em 2008. Isto virá parcialmente da biorelatividade.
.
Há uma nova energia que está chegando do Sol Central para 2008. Estas novas energias trarão surpresas tecnológicas importantes. Haverá uma energia que trabalhará para limpar os oceanos, por exemplo, e para limpar as vias fluviais. Esta energia foi discutida antes mas não veio à vanguarda. Haverá uma tecnologia que ajudará com isso.»
.

4 comentários:

xico.lf disse...

Fresquinha,
Começo a acreditar que as radiações, os ventos, os furacões, os oceanos, a política, aliderança, a guerra, etc, são interactivos em vários níveis e se potenciam e polarizam uns aos outros!Será que a biorelactividade poderá realmente harmonizar todas estas previsões negativas para 2008???
Segundo os analistas, a situação no Paquistão poderá a breve prazo trazer muita instabilidade e crise não só no Paquistão, como no Afeganistão e no Iraque, crise acrescida com a possível divisão do Iraque em 3 países, com o emergente Curdistão a trazer problemas aos vizinhos Turquia, Irão e Síria.
Tudo com repercussões graves nos USA!
E ainda as alterações climáticas???
Não vislumbro o Novo Líder Mundial!!
:-((

fresquinha disse...

Nem eu o vislumbro. Quanto a mi terá que ser um autêntico Cristo na Terra, da forma como eles enrolaram esta t****** toda. Como vês, limitei-me a transcrever alguns extractos do texto, ninguém falou em Paquistão nem na Síria. O código da Biblia fala na Síria (um país que gostava de conhecer).
Como são previsões lá do outro lado, eu limito-me a acreditar. Até acho o panorama bem positivo. Uma nova ordem, avanços tecnológicos importantes, a perca de hegemonia dos americanos, ...vá lá ..achava que isto estava sem reparação possível.

xico.lf disse...

Fresquinha,
Uma amiga da rtp foi à Síria este ano, andou por lá 15 dias,gostou muito!
O problema da perca da hegemonia americana é que na Europa, fora algum da Inglaterra, nenhum país tem poder militar que equilibre com a Rússia e a China.
Cada vez que há problemas à volta da Europa (antes na ex-Jugoslávia, agora no Kosovo, etc), os europeus não se entem e viram-se para os EUA ... aqui d'el rei!!!
Estamos outra vez na fase do better red than dead só que os russos agora em vez de tanques e mísseis (para já) usam o gás e o petróleo!...

xico.lf disse...

Viste a frase assassina do António Barreto no Expresso?
"O governo português tem tentado colher dividendos do facto de o Tratado ter sido assinado em Lisboa. José Sócrates desempenhou muito bem o papel de sargento (murro no estômago), tratou das tarefas procedimentais, reuniu as pessoas para as assinaturas. Mas o tratado foi feito por Angela Merkel, o Sócrates foi apenas a barriga de aluguer da sra. Merkel (knock-out com murro no queixo)".
:-))