domingo, março 30, 2008

o vinagre de Modena

"Um aroma balsâmico respiro" (Álvares de Azevedo). Um aroma perfumado, néctar precioso, elixir de saúde. Quanto prazer numa gota do vinagre balsâmico! O perfume que veio da Itália e tomou conta do mundo, o aroma que veio de Modena pra valorizar os nossos pratos.
.
Nós podemos distinguir dois tipos deste vinagre: o balsâmico tradicional, muito raro e excessivamente caro e o balsâmico clássico, mais popular. Mas atenção, os melhores são os provenientes de Modena ou de Reggio Emilia.
.
É produzido a partir do mosto de uvas Trebbiano brancas e todo o processo de fabrico transforma cerca de 100 litros de mosto em apenas alguns poucos litros de vinagre, o que ajuda a explicar, junto do método ainda artesanal, o seu preço elevado. Os vinagres produzidos industrialmente conseguem simular um pouco as condições nas quais o verdadeiro balsâmico é fabricado e assim podem disponibilizar para o grande público um vinagre mais ou menos aceitável por um preço mais económico. No entanto, há que desconfiar dos mais baratos. Não são mais que vinagres comuns, acrescidos de edulcorantes e especiarias.
.
Reconhece-se o verdadeiro balsâmico não apenas pelo seu preço, mas também pela garrafa única de 100 ml, usada por todos os produtores, e a inscrição “Aceto Balsâmico Tradizionale di Modena”, tendo o acréscimo de “Extra Vecchio” para os de 25 anos. Estas são denominações de origem controlada desde 2000, quando foi criado um consórcio de produtores que engloba cerca de 270 empresas e produtores artesanais.
.
O Consorzio Aceto Balsamico di Modena recomenda que se use o vinagre tanto nas preparações mais simples quanto nas mais sofisticadas, mas sempre com muita moderação, devido ao seu sabor forte e marcante. O Consorzio aponta algumas regras para que se obtenha o melhor do produto, como usá-lo cru sobre os alimentos já cozidos pouco antes de servi-los, para que o aroma não se perca, e, ao temperar uma salada, observar a ordem: sal, vinagre balsâmico, azeite.
Visitem http://www.consorziobalsamico.it/ita/storia.htm
.
Ontem comi gelado de baunilha, com um fio de vinagre de Modena por cima. Divinal !
.

Morangos com Vinagre Balsâmico
4 pessoas
Ingredientes:
* 1 kg de morangos
* 2 colheres de sopa de açúcar
* 2 colheres de sopa de vinagre balsâmico

Preparação:
Lave os morangos, coloque-os na tigela em que for servir, polvilhe-os com o açúcar.
Na hora de servir molhe com o vinagre balsâmico. Sirva com gelado.
Bom apetite!

4 comentários:

Bartolomeu disse...

Olá Fresquíssima!
Mantens-te inalteravelmente imaginativa, culta, altruísta e... bela, sem dúvida!
Será graças ao vinagre sobre gelado?
Um grande beijo !

fresquinha disse...

Óoooooooooolha ele !!!! Que é feito, homem de Deus ? Zangáste-te ca gente ???
E sempre tão bem humorado :-)))) Obrigada, Barto, mas podias dizer isso em verso ????:-)
Beijocas grndes...e aparece mais vezes miúdo ! Já ganhei o dia.

Bartolomeu disse...

Claro que não Fresquíssima, é impossível zangar-me ca gente!!!!
Mas as leis da física, impedem-me de percorrer 2 caminhos em simultâneo.
(gostei desta desculpa)
;))

fresquinha disse...

Tu ? O homem mais polivalente da Ajuda e da Casa Branca ??? Não me parece.