domingo, março 30, 2008

um aeroporto construído em pleno mar : Centrair, Japão

1

2

3




Enquanto os nossos iluminados engenheiros, se debatíam com a dificuldade em construir, com segurança, 150 metros de túnel no Terreiro do Paço, e andávamos de Herodes para Pilates sobre a localização de um novo aeroporto (com os "verdes" a criarem todo o tipo de obstáculos para que o mesmo não se fizésse), os Japoneses construíram em 3 anos (2002-2005) um aeroporto em pleno mar, ao largo de Tóquio. Servindo 10 milhões de habitantes, tem um tráfego anual de 20 milhões de passageiros em 130.000 vôos anuais. O tráfego da carga aérea anual é de 510.000 toneladas.

8 comentários:

u joão disse...

olá!muito obrigado pelo link sobre o hunter thompson :-)
o teu blogue é simplesmente espectacular não me canso de o dizer.
nós aqui preferimos não deixar fazer, ao contrário de outros que fazem!
beijo

fresquinha disse...

Quando penso no assunto, João, penso que, para não mostrarmos a nossa incapacidade (é forte !) em executar obra com Planeamento, Metodologia, Organização e Gestão, preferimos não fazer. Assim ninguém vê !

Dry-Martini disse...

Exacto. É como no futebol, somos os melhores do mundo mas, pequeno pormenor, nunca ganhámos nada .)

fresquinha disse...

Dry-Martini,

Contenta-te com a victória do Benfica que há 3 meses que não ganhava nada, e lá conseguiu ganhar qq coisinha ao Paços de Ferreira.

Vivó Sporting ! :-)

Bj

xico.lf disse...

Fresquinha,
O torreão do Terreiro do Paço não ruiu por milagre, mas está todo preso à volta ... desconfio que têm medo que caia!!!
A estação do metro foi inaugurada, mas continuam lá os tapumes, o Cais das Colunas aos bocados em parte incerta e o piso à volta, Terreiro do Paço incluído, parece terra lavrada!!!

fresquinha disse...

Antes fosse terra lavrada. Há muito que ninguém pega na enxada !!! Curiosoque não digas nada do Aeroporto Japonês. Um dos meus maiores objectivos é chamar a atenção para obra bem feita !

xico.lf disse...

Fresquinha,
Pelo que dizes ali e pelo que as fotografias mostram sem dúvida que é uma obra grandiosa e extraordinária, nem imagino quantos metros cúbicos de terra foram necessários, feita em 3 anos no mar!...
A obra final - o aeroporto, é magnífica!
:))

fresquinha disse...

Se clicares nos títulos dos posts, abres os links. É uma manobra que comecei a utilizar para não passar a vida a dizer "clica na imagem". É relativamente recente a inovação.

Desde que fizémos a Expo, não fizémos grandes obras. Tudo isto é também muito iene junto, claro. O financiamento é todo do próprio aeroporto.