domingo, novembro 11, 2007

a toque de corneta

TRAGAM AS CORNETAS E A VIZINHA QUE GRITA!
SEG 12-11-07 ÀS 17.30 EM S. BENTO – UMA MANIFESTAÇÃO QUE VAI SER UM ESPECTÁCULO!
Os profissionais das artes do espectáculo juntam-se para uma manifestação – que se espera muito colorida e ruidosa (mas não é gay, embora os gays sejam bemvindos) – às 17.30 desta segunda-feira, dia 12 de Novembro, frente à Assembleia da República, em S. Bento, Lisboa.
Os nossos grandecíssimos e alternadíssimos governantes andam a preparar uma lei que não traz nada de bom para o sector! Por isso vamos mostrar-lhes que não estamos de acordo (somos contra, claro!), e propomos a criação de um regime laboral e de Segurança Social que se adeque às especificidades do sector e preencha o vazio legal existente!
Artistas, produtores, técnicos, enfim: toda a gente cuja profissão, de uma forma ou de outra está relacionada com o mundo do espectáculo vivem em permanente inquietação, dada a intermitência da sua actividade laboral, com um regime de Segurança Social (SS!) desadequado, sem apoio em caso de doença, contratos precários, recibos esverdeados, o futuro sempre incerto. A lei em preparação vai piorar este estado de coisas se não fizermos barulho. Muito barulho!
Por isso chamamos alegremente os profissionais do espectáculo e suas familias! Sim. Se tem um profissional do showbizz na sua família, venha apoiá-lo na sua luta – afinal a luta de todos nós – por um futuro melhor!
..E tragam as cornetas, os tambores e a vizinha que grita. O pessoal do governo vai ter que nos ouvir! Vamos a eles!

produções banana
www.myspace.com/bananaproducoes
Info do Xico (eu passo ...)

3 comentários:

xico.lf disse...

Fresquinha!!!

Foi há 5 minutos, máximo 10 minutos!
Very quick.
O trombone ou oboé ou ... que publicaste é uma maravilha.
Tive in illo tempore um caderno de produção onde havia desenhos muito bem feitos de todos os instrumentos musicais - destinavam-se aos "cameras" e aos assistentes de produção para conhecerem cada um dos instrumentos a fim de seguirem rapidamente as ordens do realizador, na régie, quando da gravação ou transmissão de um concerto, ópera ou outro evento musical.
Emprestei-o ... foi-se!...

Mano 69 disse...

Sinais dos tempos...

E por falar em sinais, então o da cara é falso como Judas.

E os verdadeiros?

fresquinha disse...

Não ! O da cara é uma mancha no negativo da fotografia. Os verdadeiros estão nos sítios certos ...